quarta-feira

Um axioma letal.

Se não se morre de tédio, se morre de cirrose.
Se não se morre de cirrose, se morre de solidão.
Se não se morre de solidão, se  morre de aids.
Se não se morre de aids, se morre de overdose.
Se não se morre de overdose, se morre da agonia feliz do amor
Se não se morre de amor, se morre de tédio.

Eis um axioma vital.

9 comentários:

vinícius reis disse...

fdp

Anthony R. disse...

Certo!

Guilherme Rodriguez disse...

Pelo menos as opções são variadas.
Muito bom!

Patrícia ♥ disse...

adorei aqui!!

estou seguindo..
retribui??

beijos
http://pathyoliver.blogspot.com
http://momentosdapathy.blogspot.com

Morgana torta disse...

Foda!

@femmefroide disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
@femmefroide disse...

Adorei o texto, consegui até dar uns risos, não é nada mentira. Pelo menos você pode arrumar um motivo melhor pra morrer que não seja existir.

=**

Selva P. disse...

Ai, quanta saudade daqui!
Selinho pra você no meu blog.
Beijão ;*
http://umamor-demenina.blogspot.com/p/selos.html

Brenda Gomes disse...

hahaha Boa. Completo com o tedioso porém, verdadeiro, clichê: "Para morrer, basta estar vivo".